Artistas Colaboradores

Manuel Andrade

Músico e artista plástico nascido em Belo Horizonte, seu principal material de trabalho é o som. Sua obra é marcada pela investigação tecnológica que extrapola a questão técnica e serve como catalisador de mudança de linguagem. Ou seja, ao passo que seu trabalho regride do suporte digital para o analógico e daí para o mecânico, conteúdo e linguagem mantêm-se carregados de elementos e repertórios próprios de outras tecnologias. Seus instrumentos vão de sintetizadores analógicos construídos por ele próprio a geringonças e Clarineta.

Flaviane Lopes

Artista da dança e idealizadora do LINDA - Laboratório de Investigação em Dança, atualmente aluna do curso de Dança da UFMG, integrante do grupo Entrecorpos de pesquisa e criação em dança contemporânea e professora de consciência de expressão corporal para alunos da terceira idade. Desenvolve também trabalhos de dança solo, performances, danças em diálogo com o cinema e em parceria com músicos e artistas digitais. Os eixos norteadores do seu trabalho se constroem a partir de improvisação em dança, treinamento em dança contemporânea e estudos práticos de anatomia humana e consciência corporal, aliados á técnicas de Taichi Chi Kung e Reiki.

https://www.facebook.com/laboratoriodanca/

Marina Mattiello

Artista-educadora, trabalha com dança e artes plásticas em diversos projetos. Cursou licenciatura em Artes Plásticas pela Escola  Guignard (UEMG), com habilitação em pintura. Pesquisa  dança há mais de dez anos, tendo passado por distintas formações como flamenco, ballet clássico e dança contemporânea. Nos últimos anos, tem se dedicado à pesquisa da improvisação, dança contemporânea e expressão corporal com abordagem ampla sobre o corpo e métodos de educação somática aliados ao ensino e a criação.

Matheus Félix

Matheus Félix é violinista, bandolinista, professor, produtor musical, improvisador, arranjador e compositor. Bacharel em violino pela UEMG, desenvolve uma linguagem enriquecida por vários estilos musicais como clássico, choro, samba, rock, jazz, flamenco e outros, que o influenciam seja tocando, produzindo, arranjando, improvisando e ensinando. Professor, já passou por instituições como Escola Livre de Música (Itabira/MG), e Colégio Santo Agostinho (Belo Horizonte/MG). Oferece cursos livres de Prática de Improvisação e Prática de Conjunto para alunos iniciantes. Coproduziu o álbum Canções para Abreviar Distâncias, da cantautora Isabella Bretz, com o qual realizou uma turnê por Portugal, Açores e Cabo Verde.

Thiago Miotto

Com licenciatura plena em Música pela Universidade de Ribeirão Preto, é multi-instrumentista, improvisador e compositor. Entre outras pesquisas, dedica-se à música tradicional japonesa e indiana através dos instrumentos shakuhachi e bansuri. Na improvisação livre, tem por instrumento principal o sax tenor. Integra projetos como Coletivo Distante e Orquestra de Improvisadores de São Paulo. Já ministrou oficinas de improvisação em universidades como Unaerp e UFSJ. É também integrante do Astherion Trio.

Luísa Bahia

Multiartista, atriz formada pelo CEFART/Palácio das Artes e graduada em Teatro pela EBA/UFMG, possui formação complementar em música e dança. Circula com seu solo teatral Risco, com co-direção de Ricardo Alves Jr, cujo texto foi publicado na Coletânea Janela de Dramaturgia - Ed. Perspectiva (2016). Em 2017, participou como atriz, compositora e poeta dos projetos Residência Soundpaiting BH, Imersão Latina e SONORA - Ciclo Internacional de Compositoras.  Também criou e coordenou “DORAS – encontro para mulheres artistas” e ministrou oficinas de artes integradas para coletivos artísticos e instituições como a Escola de Música da UFMG.

www.facebook.com/luisadabahia

Victor Mendes

Músico multi-instrumentista, compositor e improvisador, cursa Música Popular na Escola de Música da UFMG, com habilitação em Bateria/Percussão. Integra a Orquestra Pop&Jazz (Vitória-ES) desde 2011 como baterista, onde estudou harmonia, arranjo e direção musical. Já dividiu palco com artistas como Gilson Peranzzetta, Ademir Junior, Bruno Mangueira e Bruno Santos, e atuou em festivais de jazz por todo o Brasil. Sua pesquisa atual como artista- educador busca mesclar referências da música instrumental brasileira com a linguagem da escola clássica de composição e a improvisação, tanto livre como dirigida.

Francisco César

Francisco Cesar é músico e produtor cultural. Toca saxofone e bandoneón. Possui graduação em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais e integrou o Grupo Oficcina Multimédia. Atuou como programador cultural da Fundação de Educação Artística. Também realiza trilhas sonoras para teatro, dança e cinema. 

Marco Antônio
Gonçalves Júnior

Fotógrafo e artista visual graduado em Cinema e Audiovisual pela UNA, estudou Cinematografia e Iluminação para Locações (Maine Media Workshops) e programas de edição e finalização de vídeo digital como Adobe Premiere e Adobe After Effects (IPEC/Adobe). É co-fundador do ateliê audiovisual Laboratório Filmes, que desenvolve trabalhos no cinema, vídeo, música e fotografia desde 2011. É o diretor do curta Olhos de Inaiá, exibido com trilha sonora realizada ao vivo no primeiro Cineconcerto do Soundpainting BH.

Relacionar-se:

(31) 984 307 014

soundpaintingbh@gmail.com

Soundpainting BH nas redes:

  • Facebook Clean Grey
  • YouTube Clean Grey
  • Instagram Soundpainting BH
  • SoundCloud Clean Grey